Avaliação para Cirurgia de Catarata

Antes de realizar a cirurgia de catarata, é necessário realizar alguns exames para avaliar a saúde ocular do paciente, a estrutura do olho a ser operado e a escolha da lente intraocular a ser utilizada durante a cirurgia. Com os exames pré-operatórios em posse, o cirurgião oftalmologista dará andamento a cirurgia.

É importante lembrar que, a cirurgia é o único método seguro para curar a catarata. Colírios e exercícios não diminuem, não curam e nem retardam o surgimento da catarata.

Quais são os exames pré-operatórios de catarata?

Para realizar a cirurgia de catarata, você precisará fazer uma série de exames clínicos e oftalmológicos. Os exames clínicos: sangue, urina, eletrocardiograma e risco cirúrgico. Esses exames servem para saber se você tem alguma doença como diabetes ou problema de pressão alta. Elas precisam estar controladas para a realização da cirurgia. O eletrocardiograma e o risco cirúrgico são geralmente feitos pelo cardiologista. Os exames oftalmológicos servem para fazer a classificação da catarata, calcular a lente intraocular a ser introduzida no olho do paciente, e avaliar a saúde da córnea e do olho como um todo. Eles servem, principalmente, para definir a técnica cirúrgica ideal para cada caso.

Fiz os exames pré-operatórios. E agora?

Com os exames realizados, você deve voltar ao oftalmologista para, junto com ele, decidir a melhor lente intraocular a ser utilizada e a melhor técnica cirúrgica e, então, marcar a data da cirurgia.
É indispensável que você tire todas as dúvidas com o médico cirurgião antes de se submeter à cirurgia.