Principais tipos de conjutivite

Principais tipos de conjuntivite

A conjuntivite é uma inflamação da conjuntiva, membrana transparente e fina que reveste a parte da frente do globo ocular e o interior das pálpebras. A conjuntiva tem como principal função proteger o olho das agressões externas do meio ambiente e pode provocar uma reação defensiva inflamatória.

Os primeiros sinais e sintomas do portador de conjuntivite são vermelhidão na parte branca dos olhos, incômodo, coceira, lacrimejo, sensibilidade m luz, entre outros, que podem variar de acordo com a conjuntivite presente.

Geralmente, a conjuntivite dura em torno de uma semana a 15 dias e não costuma deixar sequelas. Pode ser aguda ou crônica e afetar apenas um olho (esquerdo ou direito) ou os dois.

Principalmente durante os primeiros dias da manifestação, a conjuntivite é altamente contagiosa. De acordo com a Sociedade Brasileira de Oftalmologia, os surtos de conjuntivite podem acontecer em qualquer época do ano. Porém é importante lembrar que os casos aumentam no verão, visto que o calor e o tempo seco favorecem a disseminação das infecções.

Existem quatro tipos mais comuns de conjuntivite. Saiba quais são:

Conjuntivite Viral: a conjuntivite viral é uma infecção da conjuntiva aguda altamente contagiosa geralmente causada por um adenovírus. O diagnóstico é clínico. Às vezes, culturas virais ou testes imunodiagnósticos são indicados. A infecção é autolimitada, mas casos graves podem requerer corticoides tópicos.

Principais sintomas: dor e irritação na região dos olhos, fotofobia e secreção aquosa.

Conjuntivite Bacteriana: é uma infecção da camada externa do olho. A conjuntivite bacteriana pode ocorrer em todos os grupos etários, mas ocorre mais frequentemente em crianças do que em adultos. A conjuntivite bacteriana é muito contagiosa. Por isso, é importante tomar cuidado para não espalhar a infecção.

Principais   sintomas:   vermelhidão   do   olho,   secreção   ocular   espessa, sensação de ardor, coceira e dor no olho afetado. As pálpebras podem ficar inchadas e pegajosas.

Conjuntivite alérgica: essa variedade da doença é causada quando uma pessoa é alérgica a algum material, como a poeira e o pólen, e entra em contato com eles.

Principais  sintomas:  vermelhidão,  prurido,  inchaço,  lacrimejamento  e secreção filamentosa são comuns.

Conjuntivite tóxica: é causada pelo contato direto com algum agente tóxico, gerando uma irritação na região ocular quando em proximidade com produtos de limpeza, tinta de cabelo, fumaça de cigarro, poluição atmosférica, sabonetes, spray, cloro, maquiagens e colírios.

Principais sintomas: lacrimejamento aquoso e transparente e não costuma durar muitos dias.

Para realizar o tratamento da conjuntivite, é importante primeiramente identificar o tipo de inflamação que acomete os olhos do paciente. Por meio da consulta com o oftalmologista, você saberá exatamente qual o tipo de conjuntivite que acomete seus olhos. Na grande maioria dos casos a inflamação é resolvida por conta própria, mas o tratamento pode acelerar o processo de cura.

Procure um médico oftalmologista para te auxiliar melhor quanto a essa doença. Agende uma consulta no Centro Clínico Imagem agora mesmo clicando aqui.

Deixe um comentário