Causas da cegueira

Cegueira: causas, prevenção e cuidados

De acordo com o Decreto nº 3.298 que regulamenta a Lei nº 7.853, de 24 de outubro de 1989, a cegueira é definida como uma deficiência visual.

O termo cegueira é usado para identificar a condição de pessoas que apresentam total incapacidade de enxergar e também para aquelas com uma visão residual que, apesar de não ser a perda total da visão, tem dificuldades de realizar suas atividades diárias normalmente.

Para considerar uma pessoa cega, dois fatores devem ser analisados. A acuidade visual: o que a pessoa enxerga a determinada distância. O campo visual: a amplitude da área alcançada pela visão.

Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), devemos considerar como cegueira parcial a presença de uma destas duas condições: “a visão corrigida do melhor dos olhos é de 20/400 ou menor, ou se o ângulo em relação ao eixo visual, que limita o campo visual, apresenta uma medida inferior a 20 graus de arco, ainda que sua acuidade visual nesse estreito campo possa ser superior a 20/400.”

A cegueira total indica uma perda completa da visão. Nesse caso, os pacientes que a apresentam não são capazes nem mesmo de realizar a percepção luminosa. Conheça agora as principais causas da cegueira.

Catarata – É uma lesão ocular que atinge e torna opaco o cristalino (lente situada atrás da íris, cuja transparência permite que os raios de luz o atravessem e alcancem a retina para formar a imagem), o que compromete a visão. A evolução costuma ser lenta, fazendo com que a doença afete primeiro um dos olhos e só depois o outro.

Erros de refração – Os problemas visuais mais comuns são os erros de refração. Na refração, a luminosidade de um ambiente passa para o interior do globo ocular, atravessando as diferentes estruturas do interior do olho e formando a imagem na retina (que fica no fundo do olho). Quando a luz não chega com nitidez na retina, ocorre um erro de refração. Isso pode acontecer pelo tamanho do globo ocular, opacidade dos meios ópticos ou irregularidades na córnea (camada externa que reveste anteriormente o olho).

Glaucoma – É uma doença ocular causada principalmente pela elevação da pressão intraocular que provoca lesões no nervo óptico e, como consequência, comprometimento visual. Se não for tratado adequadamente, pode levar m cegueira.

Degeneração Macular Relacionada à Idade – A degeneração macular relacionada m idade (DMRI) é uma doença que ocorre em uma parte da retina chamada mácula e que leva m perda progressiva da visão central. A DMRI é a causa mais comum de perda da visão em pessoas acima de 50 anos.

Retinopatia Diabética – É uma lesão da retina (estrutura transparente e sensível m luz, localizada na parte posterior do olho) que tem como causa o diabetes. Os vasos sanguíneos na retina podem deixar escapar líquido e sangue.

O cuidado com a saúde ocular deve ser feito diariamente, seguindo uma rotina de hábitos saudáveis como boa alimentação que contribuem para uma boa saúde ocular. Além disso, é importante fazer um check-up oftalmológico pelo menos uma vez por ano ou sempre que o paciente perceber qualquer alteração na visão.

Procure um médico oftalmologista para te auxiliar melhor quanto a essa doença. Agende uma consulta no Centro Clínico Imagem agora mesmo clicando aqui. (inserir link na palavra: https://centroclinicoimagem.com.br/nossa-rede/)

Deixe um comentário